Arquivos de Tag: quarta gloriosa

Plantadores de Água

Salve, Glorioses. Já imaginou se pudéssemos plantar água? Pois através das árvores, é possível! Quando as plantamos, elas atraem veios de água que fazem ressurgir as nascentes que um dia estiveram mortas. E onde havia seca, "planta-se" água. É esta poesia da natureza que inspira Meirinalva Pinto, uma apaixonada por plantas e organizadora do grupo Plantadores de Água. Ela...

Samela Awiá Sateré

Salve Glorioses. No último dia 19, celebramos o "Dia do Índio", proposto em 1940 mas que já passou por ressignificações, a começar pelo nome - o correto é indígena. Muita coisa mudou desde os estereótipos que eram ensinados sobre os povos originários, grande parte devido à juventude indígena.  Por isso, hoje...

Casa do Rio

Salve, Glorioses. Vocês conhecem a Casa do Rio? A ONG nasceu em 2014 mas desde 2009 já transforma vidas na comunidade de Careiro Castanho, no Amazonas, região cortada por rios e pela BR-319, uma estrada que liga Manaus a Porto Velho e foi um marco de desmatamento. Tudo começou quando o ator Thiago Cavalli, cansado da rotina paulistana, encarou um exercício de preparação de atores que dizia: faça algo que nunca fez antes! A provocação foi tão certeira que...

Vandana Shiva: Sementes da Esperança

Salve, Glorioses. Ouvir a mestre e doutora Vandana Shiva discorrendo sobre a vida é como estar sentada ao pé das avós, as sábias anciãs. Nascida em em 1952 na cidade de Dehradun, ela nos conta que viveu sua infância em uma Índia "onde a água corria livre" e a cada poucos quilômetros era possível encontrar uma fonte de água limpa para beber. Hoje, os rios estão morrendo e todo o mundo sofre com a crise de abastecimento. Para Vandana, ao se afastar da terra, investindo na indústria, o homem se desconectou da natureza. No...

Julieta Paredes e o Feminismo Comunitário

Salve Glorioses. Vocês sabem o que é feminismo comunitário? Essa rede de pensamento, difundida pela escritora e poeta indígena Julieta Paredes Carvajal, ganhou força há quinze anos, mas tem raízes ancestrais em toda a América Latina. Diferente do feminismo europeu, que trouxe importantes ganhos políticos, que ressoou em todo o mundo e que tem suas origens no iluminismo, o feminismo comunitário é feito por mulheres latinas que defendem a terra e o direito de seus povos desde a colonização. Em lugar de priorizar...

O legado verde de Wangari Maathai

Salve, glorioses. Vocês já ouviram falar de Wangari Maathai, a primeira mulher africana a receber o Prêmio Nobel da Paz? Hoje, a Quarta Gloriosa vai contar a trajetória heróica dessa mulher, da tribo de etnia Kikuyu, nascida em 1940, em meio às montanhas do Quênia e onde a biodiversidade pulsava por toda a terra. Sua casa ficava embaixo de uma figueira, aos pés de um riacho, e aprendeu com a mãe a nunca derrubar uma árvore. Wangari concluiu os estudos secundários em 1959 e no ano seguinte ganhou uma bolsa de estudos da...

Amazônia: berço do clima no Brasil e no mundo

Salve, glorioses. Arrebalde é um substantivo masculino, usado para indicar um local afastado da cidade, uma periferia. Com este título o jornalista, documentarista e produtor de audiovisual João Moreira Salles publica em sua revista, Piauí, uma série de reportagens sobre uma "periferia" chamada Floresta Amazônica. Dividido em três partes, Arrebalde é fruto de dois anos de pesquisa, além de 5 meses de checagem, in loco, e narra a saga da exploração da Amazônia sob vários...

Futuro é Indígena

Salve, glorioses. Chegamos à última Quarta Gloriosa de 2020, um ano de desafios mas também aprendizados.  Começamos com a missão de compartilhar a trajetória daqueles que dão rosto à luta indígena brasileira, e em 1 de janeiro saudamos Cacique Raoni Metukire no Dia Mundial da Paz.  Nesses 12 meses, também saudamos as ideias para adiar o fim do mundo propostas por Ailton Krenak, a voz adolescente da Amazônia que...

Putanny: O canto da transformação Yawanawá

Salve, glorioses. Hoje, trago a mágica experiência vivida por Putanny Yawanawa, mulher-pajé do povo conhecido como os queixadas - espécie de porco selvagem, conhecido por viverem em bandos numerosos. Já que é na coletividade que reconhecem sua força. Pois estava Putanny, vivendo na cidade há bastante tempo, longe da Terra Indígena Rio Gregório,  há 3 dias de canoa e quatro de caminhada na mata. O chamado da floresta veio durante o sono quando, num...

Casa de Frutas de Santa Isabel do Rio Negro

Salve, Glorioses. Semana passada tive notícia de uma iniciativa, que nos fez apressar o passo e compartilhar com vocês: o projeto Casa de Frutas, premiado recentemente no II Prêmio BNDES Boas Práticas Agrícolas para Sistemas Tradicionais. Hortaliças e frutas cultivadas por indígenas, com técnicas tradicionais de manejo, chegando nos mercados e merendas escolares? Essa idéia já é uma realidade em Santa Isabel do Rio Negro (Amazonas) com o projeto Casa de Frutas, premiado recentemente no II...

Djuena Tikuna

Salve glorioses. Ao longo desse ano dedicado aos povos originários aqui na Quarta Gloriosa, assunto não tem faltado. Com surpresa e satisfação, temos assistido uma espécie de renascença à brasileira, com a explosão de manifestações artísticas e culturais, trazendo a luta pela preservação de sua cultura e pelo reconhecimento de seus direitos, enquanto povos originários, sob variadas formas. Aqui, já falamos sobre fotografia, audiovisual, rádio, rap, e hoje trago o nome de Djuena...

Edgar Kanaykõ Xakriabá e a etnofotografia

Faz algum tempo que sigo Edgar Kanaykõ, da etnia Xakriabá, no Instagram. O fotógrafo, que nasceu e vive na Terra Indígena Xakriabá, município de São João das Missões, em Minas Gerais,  teve o primeiro contato com as câmeras no começo dos anos 2000, quando chegou também na aldeia a rede elétrica e outras tecnologias. Na juventude ele já se interessava pelas imagens como forma de simples registro mas nem sempre a fotografia foi bem vinda entre o seu povo. Por muito tempo as câmeras ficaram...

Yandê – Primeira web rádio indígena do Brasil

Salve, glorioses! Não existe mais espaço para o pensamento de que os indígenas estão apenas nas florestas e longe da tecnologia. Ao contrário, cada vez mais os povos originários estão comandando projetos do audiovisual e tomando as rédeas de suas próprias narrativas.  Assim foi com Anapakua Muniz, da etnia Tupinamba, nascido em São Paulo, migrou para a Bahia.  DJ e locutor, já acumulava extensa experiência em comunicação comunitária, quando ...

Eliton Paacy Gavião – Olhar indígena através da fotografia

Salve, glorioses. Visualize um jovem indígena se preparando para participar de uma corrida de tora, tendo um enorme exemplar sobre o ombro direito. Sua figura, captada em contra-plongé, contrastando o tom avermelhado de sua pele com um perfeito céu azul-anil tem na luz estourada do sol a coroa do atleta, transformando-o em um deus Apolo dos trópicos; essa imagem tão forte e mesmo mitológica, com incrível qualidade fotográfica, deu ao jovem Eliton Paacy...

Kunumi MC – Rap e ancestralidade de mãos dadas

Salve Glorioses. Hoje eu vou falar sobre Werá Jeguaka Mirim, o jovem escritor que também é  rapper, conhecido como Kunumi MC, que gravou com o cantor Criolo. Aos 13 anos, participando da abertura dos jogos entre Brasil e Croácia, na Copa do Mundo de 2014, exibiu uma faixa que havia levado escondido sob seu calção, com os dizeres "Demarcação Já". Sua imagem rodou o mundo, transformando-o em garoto-propaganda da causa. Kunumi percebeu que poderia usar sua voz para lutar pela preservação da cultura de seu povo pois haviam...

MAHKU – Movimento de Artistas Huni Kuin

Salve, Glorioses. Hoje eu quero levar vocês a uma viagem pelo alto do rio Jordão, AM, para conhecer Ibã Huni Kuin, hoje liderança dos auto-denominados Huni Kuin (povo verdadeiro, na língua Kaxinawá). Tudo começou quando, aos 19 anos, ele saiu de sua aldeia remota para aprender a ler e escrever na cidade. Tendo se formado professor, com mestrado pela Universidade Federal do Acre, retornou à Aldeia Xiku Kurumim decidido a registrar os conhecimentos quase perdidos de sua comunidade. Ibã começou por alfabetizar o seu povo ao...

Eliane Potiguara, a voz do choro de sua avó

Salve, Glorioses. O texto de hoje é um convite à uma viagem pelo universo de Eliane Potiguara, mulher indígena, professora, poetisa e escritora. A menina nascida em 1950, num assentamento indígena no centro do Rio de Janeiro, ouvia da avó, Maria de Lourdes, as histórias de seu povo. Eram potiguaras do norte da Paraíba, de onde ela havia fugido, aos 12 anos, grávida. Seu pai, Chico Solón,  tinha sido assassinado por fazendeiros ingleses e ela precisava sobreviver, contava a avó, aos prantos. Conhecedora das...

Uýra Sodoma

Salve, Glorioses. Navegando pelas redes, dia desses, uma imagem muito forme me chamou à atenção: Uýra Sodoma. Como junho é o mês do Orgulho LGBTQ, foi um presente conhecer uma drag queen que representa essa bandeira com muita autenticidade e é uma voz ativa pelas florestas. Quem dá vida à Uýra é Emerson Munduruku, da mesma etnia de...
Selecione sua moeda
EUREuro
Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?