Arquivos de Tag: Arte & Cultura

Povo. Polvo, um dia. Hilda Hilst vive.

Essas últimas semanas tenho lembrado muito de Hilda Hilst, cujos 90 anos do seu nascimento serão comemorados no próximo ano. Hilda morreu em 2004, mas sua obra reverbera até agora e continuará por tempos. Mas lembrei dela por quatro motivos. O primeiro foi um poema dela escrito há 45 anos, em plena ditadura militar, pertencente ao seu livro “Júbilo, Memória e Noviciado da Paixão”, e que é um dos que mais amo na vida; é da série Poemas aos Homens do Nosso Tempo, e  eu bradaria esse poema em rede nacional - em horário...

Os griots e as insurgências poéticas – Grada Kilomba e Ivan Grilo

Duas mostras em cartaz na cidade de São Paulo lançam luz em meio às sombras nas quais vivemos em cavernas a céu aberto e cavernas indoor em tempos tão [sur]reais e políticos no qual Platão tateia às cegas tamanha tanta lucidez. Uma delas abriu nesse último sábado, dia 6, na Pinacoteca, a exposição “Grada Kilomba: Desobediências Poéticas”, primeira individual no Brasil da artista portuguesa, que segue até 30 de setembro. Com curadoria de Jochen...

O Vaivém da Ini

A exposição “Vaivém” em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo, que seguirá em itinerância para outras unidades do centro cultural no país, convida o espectador/observador a uma pausa visual e sensorial por intermédio de um objeto, um utensílio que ajudou a construir a identidade nacional no Brasil, a rede de dormir. A mostra caracteriza-se por seu caráter trans-histórico, reunindo artistas de distintos contextos sociais, diferentes períodos e regiões do país, que refletem...

Solidão compartilhada, solidão self [in]suficiente

Semana passada resolvi deletar temporariamente meus perfis no Facebook e no Instagram. Do primeiro nem sinto tanta saudade, mas o segundo consegui fazer um detox de menos de doze horas e voltei. Pensei: “preciso de alguma maneira estar conectado e vendo e compartilhando imagens, acontecimentos, memórias, presentes seja lá o que for e tal e coisa. Particularmente senti falta do Stories, de compartilhar histórias instantâneas que duram apenas 24 horas e desaparecem. Efêmeras, do ephémeros, que significa ‘apenas por um dia’,...

Das Bordas e das Desbordas: Uma [Re]Virada é preciso

A Virada Cultural que acontece dia 18 e 19 de maio, em São Paulo, foi Inspirada no festival francês Noite Branca (Nuit blanche), que acontece todos os anos em Paris desde o ano de 2002. Aqui em sampa ela surgiu três anos depois, em 2005, promovida pela Prefeitura da cidade, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. Atualmente são 24 horas ininterruptas de acontecimentos, eventos culturais gratuitos espalhado não só mais pelo Centro da cidade, mas também pelas sua periferia, pelas suas...

Contém spoiler, não leia.

Duas mostras em cartaz em São Paulo, até junho e julho, uma próxima da outra, com nomes que dialogam em sua poética – “Sopro”, de Ernesto Neto; e “Suspensão”, de Artur Lescher - reúnem obras desses dois escultores brasileiros contemporâneos em retrospectivas imperdíveis. Foi deitado, imerso dentro de uma delas, que refleti sobre a vida, a morte, a arte, em uma quase epifania tão mental quando sensorial. Pensei na vida como um spoiler contínuo, mas finito. Afinal, a vida é como um...

O Feito à Mão Mehinako

Os Mehinako são um povo originário do Alto do Xingu, do tronco linquístico Aruak, que vivem no estado do Mato Grosso. São pouco mais de 200 que compõem essa etnia que sobreviveu às expedições de pesquisadores europeus e brasileiros desde o final do século XIX, em diversos pontos da região onde desde 1960 se localiza a reserva natural Parque Nacional do Xingu. O feito à mão Mehinako, dentre outras atividades, inclui colares de tucum, pintura, esculpo...

Ernesto Neto: Sopro

A Pinacoteca do Estado de São Paulo abriu as suas portas no último dia 30, e segue até julho, para “Sopro”, exposição que remonta a trajetória de Ernesto Neto, um importante nome da escultura contemporânea. As 60 obras reunidas na mostra exploram o lúdico, o espaço, a natureza e a espiritualidade em uma experiência interativa e sensorial para o visitante. Sinopse: “A exposição propõe demonstrar como a fisicalidade, o indivíduo e o coletivo...

O mundo no black power de Tayó

O Mundo no Black Power de Tayó conta a história de Tayó, uma menina negra, com o cabelo crespo em um penteado black power, cheia de orgulho de sua beleza, cultura e ancestralidade. Em tirinhas infantis, a autora Kiusam de Oliveira inspira meninas negras a amarem seus corpos, se sentirem confortáveis com a própria aparência, e compartilha uma linda mensagem de orgulho e aceitação. O livro foi lançado pela Editora Peirópolis em 2013 e é a terceira...

Projeto GIZ

Desde 2017, ruas de São Paulo são tomadas por crianças e muita cor. O projeto GIZ foi criado em agosto pela jornalista Ana Garnier, que após passar por um período atuando profissionalmente em comunicação, se encontrou com as Artes Plásticas. A proposta é simples: ocupar os espaços públicos e estimular as crianças a criar arte de rua apenas com o giz....

Caminhão Museu Sentimentos da Terra

Desde 2013, a história da luta popular brasileira por direito à terra viaja por estradas de todo o país graças ao Sentimentos da Terra, um Caminhão Museu que já passou por 16 cidades e reuniu público de aproximadamente 50.000 pessoas. Em casa cidade, o museu se instala em uma grande área e permanece por um fim de semana com acesso gratuito. Até 2018, foram 27 turnês em oito estados diferentes: São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Distrito Federal, Rio...

Nós, Madalenas: Uma palavra pelo feminismo

Nós Madalenas - Uma palavra pelo feminismo é um projeto de Maria Ribeiro que reúne mais de 100 fotografias e relatos de mulheres que escreveram no próprio corpo uma palavra para representar o espaço que o feminismo e a luta pelos direitos das mulheres têm em suas vidas. O trabalho, que rendeu exposições, livro e um prêmio internacional, foi uma iniciativa para empoderar essas mulheres e também protestar contra a forma como a publicidade retrata o corpo feminino. ...

Meninas com Ciência

Imagine só um curso sobre o universo da Ciência apenas para meninas e ministrado também apenas por mulheres? Pois é este ambiente de empoderamento feminino que busca o Meninas Com Ciência, projeto do Museu Nacional em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro para jovens de 11 a 15 anos, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental. O Meninas Com Ciência é completamente gratuito e acontece duas vezes ao ano. Em cada semestre promove oficinas para 50...

Inhotim: Jovens Agentes Ambientais

"Transformar o mundo no quintal de casa". Esse é o lema do projeto Jovens Agentes Ambientais (JAA), do Instituto Inhotim, que desde 2008 leva o debate sobre sustentabilidade para jovens da rede de ensino de Minas Gerais. Consumo consciente, agricultura familiar e qualidade de vida na contemporaneidade são alguns dos temas já desenvolvidos com as turmas do projeto, que também já atuou em com parceria em outras cidades do Brasil. O Jovens Agentes Ambientais...

NOS Escola

Unindo alimentação à saúde, bem-estar e até espiritualidade, a NOS Escola desde 2007 se destaca como a primeira escola de saúde integral do Brasil. O projeto é da chef de cozinha Anna Elisa de Castro, após um período nos Estados Unidos, onde se especializou em Natural Gourmet e Institute for Integrative Nutrition. Ao retornar ao Brasil, quis implementar aqui, de forma prática, um espaço de conhecimento em Saúde Integral. A escola deu tão certo que em 2018 ampliou seu alcance para...

Ecomuseu de Ilha Grande

No local onde por 100 anos vigoraram um dos maiores complexos penitenciários do Brasil dos séculos XIX e XX, hoje se instaura um espaço de conhecimento, pesquisa e cultura. O Ecomuseu de Ilha Grande, integrante do município Angra dos Reis no litoral sul fluminense, nasceu em 2009 para dar novo significado às construções que um dia foram de horror. O Ecomuseu é projeto do ...

Mostra Brasil Brasileiro

Em cartaz no Memorial da América Latina em São Paulo, a mostra "Brasil brasileiro" passeia pela história do país mesclando o artesanato popular e as festas tradicionais. O acervo reúne obras produzidas em diversos estados e que representam as técnicas e celebrações religiosas de cada região, como as que já são consagradas no imaginário popular e no calendário turístico. Valorizando as múltiplas religiosidades que fomentam a nossa história, a exposição mostra a brasilidade que compõe a...

Vagalume O Verde

Unindo carnaval e sustentabilidade, o bloco Vagalume O Verde é pioneiro no Rio de Janeiro e leva cerca de 30 a 40.000 pessoas às ruas promovendo muita festa mas também conscientização ambiental. O projeto nasceu em 2005 e tem como fundador Hugo José Camarate, produtor cultural nascido na comunidade do Horto Florestal, zona sul carioca ao lado do Jardim Botânico, onde há 14 anos o bloco desfila. Mais do que um bloco de expressão cultural, o VOV é também...

Casa na Floresta: uma ponte entre o campo e a cidade

Foi com o objetivo de "fazer com que as pessoas da cidade conheçam a sua floresta" que o cantor e compositor Renato Teixeira, ao lado da filha Antonia, fez da casa de sua família um centro cultural em meio à Serra da Cantareira, a Casa na Floresta. Nessa que é uma das maiores florestas urbanas do mundo, com com 64.800 hectares de área que cortam as cidades de São Paulo, Guarulhos, Mairiporã e Caieiras, já...

São Paulo para pessoas: Felipe Morozini

Felipe Morozini é fotógrafo, designer, e um morador de São Paulo que compreende que a cidade seja feita para pessoas e ocupada por elas. Há 19 anos vive com vista frontal para o Elevado Presidente João Goulart, o Minhocão, e desde 2014 compõe a Associação Parque Minhocão, que defende a reocupação do elevado não mais por carros, mas por pessoas.  Formado em Direito...
Selecione sua moeda
EUREuro
Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?