Arquivos de Categoria: Astrologia

aquário: a imagem coletiva

em aquário estamos chegando ao fim de nossa jornada zodiacal. chegamos ao posto que antecede o signo de peixes, o último do zodíaco. . aquário simboliza nossos 84 anos humanos, idade da liberdade e da soltura do ego e da necessidade de aprovação social. . aquário é um signo de elemento ar: liberdade e independência, autonomia e originalidade. como signo fixo, aquário também precisa manter-se seguro, o que justifica seu...

Capricórnio: a solidão da montanha

Quando atingimos o ponto máximo do céu, chegamos em capricórnio. Ponto conhecido como zênite ou meio do céu (vale a leitura do que já estudamos sobre o MC). Capricórnio é ancião, heremita, distante e solitário. Associado à cabra da montanha: focada e literal que segue seu rumo vertical em direção ao topo. Símbolo de determinação, persistência e longevidade: capricórnio sobe em direção à realização de...

sagitário: caçador de mundos

localizado entre escorpião e capricórnio, sagitário olha pra trás e diz, “eu perdi e agora, por isso, posso dar valor ao que tenho”. A base de sagitário é escorpião, já que o verdadeiro prazer pela vida (de sagitário) nasce depois da experiência de morte/perda (de escorpião). Quando você atravessa uma experiência de morte/transformação e se regenera, o retorno à vida é regido pelo fogo ancião, o fogo da sabedoria. Sabedoria que só tem quem já morreu. Sagitário já...

escorpião: o silêncio

o que é escorpião? um arquétipo do elemento água em seu princípio fixo. quando imaginamos o poço profundo de onde retiramos água com balde, estamos diante de uma imagem escorpiana: escorpião são as fontes e nascentes de água, a água subterrânea, que está abaixo do lençol freático: água pura, rica, solvente.  a qualidade mais pura do elemento água está em escorpião, a mais potável: mas até encontrá-la...

virgem: a orquestra precisa

o signo de virgem é representativo do elemento terra em seu princípio mutável. trata-se do signo de terra com maior teor de ar: falamos em virgem, na mente analítica. a palavra: ‘análise’ faz parte do mundo de virgem e caracteriza-o de maneira única: o olhar crítico e analítico compõem o rigor virginiano, perfeito por sua riqueza em detalhes e minúcias jamais percebidas a outros olhos. assim como uma orquestra funciona com todos os envolvidos agindo discreta e precisamente, cada um com seu instrumento e seu tom:...

leão: eu sou aquilo que crio

quando concluímos cinco anos, chegamos à idade simbólica do signo de leão. o signo de leão representa uma fase de nossa vida em que somos uma criança criativa: quando desenhamos ou pintamos e buscamos ser reconhecidos por isso. em outras palavras, buscamos ser amados em troca daquilo que criamos. a criança leonina busca e necessita de reconhecimento em troca daquilo que faz, ela mostra o desenho que fez para os familiares esperando um retorno, um carinho, um elogio. esta...

câncer: águas

desde que nascemos (em áries), passando pela nossa sobrevivência ‘estática’ no berço (em touro), seguido por gêmeos, quando interagimos com o mundo externo: até aqui o mundo se reduz a nossa própria existência. até aqui, a criança existe, mas não sabe que existe: ela existe e vive tudo o que se passa à sua volta sem, contudo, refletir sobre a própria existência: ela absorve, percebe, escuta, imita, vive e interage com seu entorno, mas é na fase canceriana que este ser passa, pela primeira vez, a reconhecer-se como...

gêmeos: o bebê curioso

pra começar, vamos relembrar que quando falamos em signos estamos computando um vasto campo de arquétipos associados e classificados nos quatro elementos: fogo, terra ar e água (ver sequência de textos dos quatro elementos). o signo de gêmeos é simbolizado pelo momento em que o bebê sai do berço: momento de explosão de novidade, estímulo nervoso e curiosidade. a vida fora do berço é um pacote de excitação e eletricidade: existem muitas opções de rota, pessoas, vozes, cheiros, sons, hábitos, contatos, permissões:...

touro: meu primeiro ritmo

touro: eu quero elemento: terra princípio: fixo palco astrológico: casa 2 parte do corpo: glândula tireoide / amígdalas / colo planeta regente: vênus oposto complementar: escorpião arquétipo arché: ‘ponta’; ‘princípio’. tipós: ‘impressão’; ‘marca’; ‘tipo’. Uma camada mais ou menos superficial do inconsciente é indubitavelmente pessoal. Nós a denominamos inconsciente pessoal. Este porém ...

áries: o heroi número 1

em áries nasce o ser humano. é no signo de áries que encontramos o arquétipo do bebê recém-nascido, recém-saído, como vimos, das águas gestacionais de peixes -- em áries identificamos o princípio da agressividade, justamente associada ao bebê em processo de nascimento. um bebê é em si agressivo, pois ele precisa rasgar, romper, sangrar, assim como o princípio viril, masculino e autoconectado do signo de áries. áries é um signo de elemento fogo, mais precisamente o primeiro deles, o fogo cardeal, que abre toda...

nortes do eu: descendente

Com este texto, encerramos nossa série: nortes do eu. O que viemos estudando até aqui nos dá base, nos dá chão para que saibamos nos situar quando estamos diante de um mapa astral. A porta de entrada, como vimos, para a leitura e interpretação do céu no momento do nosso nascimento é a cruz-base: essa cruz funciona como uma bússola em nossas investigações...

Nortes do eu: Ascendente

“o mais elevado e o mais desejado estado de todo plano da evolução é a união.” (pathwork) dando sequência aos nossos estudos de astrologia, vamos começar a entender mais profundamente o significado da sigla das quatro extremidades da cruz-base - que vimos superficialmente no último encontro - AC / DC; IC / MC. ...

Ar: se eu não sou o outro, quem sou eu?

Na sequência dos quatro elementos, vimos: fogo (libido, propósito), terra (manutenção, estrutura) e água (sentimento, senso de sentido): agora, vamos entender qual é a lógica do elemento ar.  Abaixo temos a imagem de um mapa astral, podemos, para finalizar nosso estudo dos quatro elementos, retomar nesta imagem do mapa a cruz central, cujas quatro pontas estão nomeadas com AC, IC, DC, MC. Agora, coloque o foco da sua atenção nos pontos AC -...

Astrologia: Elemento Terra

pensemos em nossa jornada de nascimento -- ritual de chegada ao planeta terra, nenhum ser humano está livre da necessidade de nascer -- foram nove meses de espera em bolsa de água: o ventre, lugar de absoluta segurança e aconchego, nunca estivemos em lugar tão protegido: além do contato simbiótico com a presença daquela que nos guarda, nossa protetora, nossa loba: mãe. ...

Astrologia e os quatro elementos: Fogo

Introdução à mandala astrológica Ao olharmos para a imagem a seguir, esta mandala simbólica do céu, podemos perceber o cruzar de duas linhas: unindo um eixo vertical (meridiano) a um horizontal -- perceba a existência de duas pontas, nomeadas como AC e MC (estudaremos estas siglas mais adiante) -- esta cruz divide os 360 graus (da circunferência) em quatro partes, as quais, fatalmente, associamos aos quatro pontos cardeais, logo: às quatro estações do ano e, por isso, aos quatro...

Astrologia e os Quatro Elementos: Água

Um bebê precisa de muita agressividade para nascer. Para romper as barreiras e atritos físicos do corpo da mãe, um bebê precisa estar decidido a sair dali, precisa estar na posição, apontando como bala para chegar a este mundo: no ato do nascimento encontramos a primeira manifestação do elemento fogo em nossa jornada: a agressividade positiva, o ato de colocar-se de maneira determinada e ativa no arranque de vida. Atos como...
Selecione sua moeda
EUREuro
Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?