Capricórnio: a solidão da montanha
Astrologia

Capricórnio: a solidão da montanha

Capricórnio: a solidão da montanha

Quando atingimos o ponto máximo do céu, chegamos em capricórnio. Ponto conhecido como zênite ou meio do céu (vale a leitura do que já estudamos sobre o MC).

Capricórnio é ancião, heremita, distante e solitário. Associado à cabra da montanha: focada e literal que segue seu rumo vertical em direção ao topo.

Símbolo de determinação, persistência e longevidade: capricórnio sobe em direção à realização de suas metas.

Vínculo versus compromisso: eixo câncer-capricórnio

Capricórnio é oposto complementar ao signo de câncer, unido terra e água.

Nas águas de câncer, o vínculo afetivo, a intimidade, disponibilidade emocional e transparência. 

Em capricórnio, a frieza o calculismo e o compromisso com a ordem do espaço e da construção de projeções desafiadoras no mundo concreto.

Em câncer, temos o vínculo, que só pode nascer da intimidade e do afeto. Em capricórnio, o compromisso, que nasce da necessidade de realização. 

Autoridade: pai

A autoridade representada pela imagem paterna rege o universo de capricórnio graças a seu planeta regente, Saturno.

Uma autoridade por excelência, que ensina e cobra resultados: pede por compromisso e dedicação. Todo regimento se Estado em seu pacote de leis e valores compõe a Ética estrutura de capricórnio, signo de valor moral, conservador: tradicional e sério.

O símbolo do trabalho

Capricórnio carrega o símbolo do trabalho na matemática. O trabalho é a casa da capricorniana, moro na minha ação em direção ao sucesso. Signo da projeção de ambição e carreira, assim como liderança (por seu princípio cardeal) e maturidade em cuidar do espaço público, tarde que cabe ao chefe-líder. 

Excelente na matemática e nos assuntos financeiros. 

Muitas vezes, o excesso de trabalho (terra) — caso de distorções associadas a períodos de descanso e tédio — está amparando por um pacote emocional proporcional (água). 

** em breve, estudaremos as distorções associadas às combinações astrológicas.

Na faixa zodiacal, capricórnio vem depois de sagitário e antes de aquário: e isto tem algo a nós dizer.

Em sagitário: o prazer.

Em aquário: a liberdade.

Capricórnio ao meio nos ensina que o compromisso só pode nascer do prazer, assim como a liberdade só pode vir depois do compromisso.

O verdadeiro adulto só pode nascer do contato e permissão (autoridade interna) para com o seu prazer.

A meta que capricórnio nos propõe, portanto, é a de perguntarmo-nos: com o que eu me comprometo?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione sua moeda
EUREuro
Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?