Yandê – Primeira web rádio indígena do Brasil
Quarta Gloriosa

Yandê – Primeira web rádio indígena do Brasil

Yandê – Primeira web rádio indígena do Brasil

Salve, glorioses! Não existe mais espaço para o pensamento de que os indígenas estão apenas nas florestas e longe da tecnologia. Ao contrário, cada vez mais os povos originários estão comandando projetos do audiovisual e tomando as rédeas de suas próprias narrativas.  Assim foi com Anapakua Muniz, da etnia Tupinamba, nascido em São Paulo, migrou para a Bahia. 

DJ e locutor, já acumulava extensa experiência em comunicação comunitária, quando  mudou-se para o Rio de Janeiro, onde vive até hoje. A internet cada vez mais se impunha como um poderoso meio de comunicação e mobilização, que deveria ser usado para transformar a dura realidade que os indígenas enfrentam, criando a sua própria mídia.

Assim, pensando em amplificar as vozes indígenas,  convidou os amigos Renata Araktikyra, jornalista, e Denilson Baniwa, publicitário para fundarem a primeira web rádio indígena do Brasil – Yandê. O nome vem do tupi-guarani e significa “nós” ou “nosso”, o que diz tudo sobre o projeto. O ano era 2013. Juntos, os três amigos decidiram unir seus conhecimentos na área e, sem qualquer financiamento, na primeira semana obtiveram um total de… 01 ouvinte!

Hoje, sete anos depois, ultrapassam 500.000 ouvintes assíduos, em mais de 40 países e, conforme demonstram os números, 60% dos ouvintes são não-indígenas. A rádio é efetivamente um local de soma, com mais de 70 colaboradores das mais diversas etnias e estados,e até mesmo realizando comunicação direta com povos indígenas de outros países. Diferentes vozes, cantando juntas uma mesma canção.

Conforme a ideia original e ainda melhorada, tudo o que interessa, de política à cultura, a Yandê traz. A grade inclui programas informativos e educativos, que compartilham as múltiplas realidades indígenas no Brasil e no mundo, desfazendo antigos estereótipos e preconceitos, gerados pela falta de informação especializada.  

A rádio possibilitou o engajamento e a troca, construindo e fortalecendo uma verdadeira rede, onde a pauta é o ser-humano indígena, independente de etnias. O acesso é 100% gratuito, basta acessar o site e dar o play. Porque muito melhor  do que falar sobre os povos originários, é poder ouvi-los! 

Dica: Anápuàka conta toda a trajetória da Yandê em uma entrevista super bacana para a Rádio Nacional. Ouça aqui!

Acompanhe também a Rádio Yandê no Instagram e Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?