A importância do NÃO aos canudinhos
Quarta Gloriosa

A importância do NÃO aos canudinhos

A importância do NÃO aos canudinhos

Há menos de um mês o Rio tornou-se a primeira cidade do país a banir os canudinhos plásticos em estabelecimentos comerciais. Resultado de muita luta e pressão popular. Agora, bares e restaurantes só poderão oferecer canudinhos biodegradáveis ou seja, aqueles que se desfazem no meio ambiente.

Essa decisão afeta algo aparentemente banal, e já temos visto muitos questionarem qual o impacto de um simples canudinho. Nós temos muita informação disponível hoje em dia, e eu aconselho vocês a sempre buscarem:

Um estudo feito pelo Instituto 5 Gyres aponta que há cerca de 269 mil toneladas de lixo flutuando no mar e que 90% de todo o esse lixo é plástico. A campanha Rio Sem Canudo mostra que quando consideramos todo o lixo mundial, os canudos representam 4%. Só nos Estados Unidos são 500 milhões de canudos descartados na natureza por dia. 500 milhões de um material que não se degrada. Pelo contrário: vai permanecer na natureza por muito tempo. Não é alarmante?

Em junho deste ano uma baleia morreu na Tailândia sufocada com mais de 8 quilos de plástico no estômago! Ainda segundo a Rio Sem Canudo pior, 90% das espécies marinhas já engoliram plástico ao menos 1 vez na vida. COMO fica a preservação da vida marinha? Até no solo da Antártica o Greenpeace encontrou resquícios plásticos do lixo que produzimos e hoje temos o oceano contaminado do norte ao sul.

Banir os canudinhos é um dos passos para a preservação do planeta

Felizmente outras cidades brasileiras, como São Paulo, Campinas e Goiânia, já começam a discutir o veto ao canudinho como fez o Rio e todas cogitam taxar o uso de canudos com multas ainda maiores que a proposta aqui no Rio. Mas a questão principal é a nossa vida, dependentes que somos da natureza e até que essa nova mentalidade e novos hábitos estejam fortalecidos na sociedade, o alto valor das multas será de grande ajuda. Vocês sabiam que há canudinhos de diversos materiais? O mais comum é o de papel, mas também podemos utilizar de inox, vidro, bambu… todos laváveis e reutilizáveis.

Por isso, banir os canudos é o mínimo que poderíamos fazer. E essa luta não termina aqui.

É muito importante olhar para esta conquista como um primeiro passo. Depois dos canudos, seguimos juntos para pensar sobre as sacolas plásticas, as garrafas PET, os copos descartáveis e outros tipos de lixo que agridem o nosso planeta, como os dejetos químicos.

Por isso, banir os canudinhos é o mínimo que poderíamos fazer. E essa luta não termina aqui.

Vocês estão animados? Vamos começar uma verdadeira revolução verde!

 

 

COLAR ROLOTÊ - REDE ASTA
COLAR ROLOTÊ – REDE ASTA

Comprar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?