Sobre se amar na maturidade
Quarta Gloriosa

Sobre se amar na maturidade

Sobre se amar na maturidade

Envelhecer é um fato que, não necessariamente, significa algo ruim. Quando entendemos e assumimos esse processo, fica claro o quanto ganhamos com ele. Aprender a se amar em um momento onde ninguém espera isso de você é a chave para ser muito feliz e aproveitar a vida em paz.

Os valores da sociedade ocidental contemporânea são vinculados a um ideal estético de beleza, ao sucesso e à fama. Além disso, a juventude é sobreposta às outras gerações como se fosse o ideal, mesmo sem fazer sentido se pensarmos no quanto crescemos e ganhamos ao longo dos anos. A maturidade, para a nossa sociedade, é sinônimo de feiura, decadência e muitos outros defeitos atribuídos erroneamente, mesmo quando não existem de fato sinais que demonstrem isso.

Sobre se amar cada vez mais

Com o envelhecimento, vem a maturidade. Maturidade vem do Latim Maturitas, de Maturus, que significa cedo, maduro, a tempo e em momento favorável”. Logo, amadurecer é uma coisa muito boa. Revela o melhor de nós, aquilo que somos de verdade. É justamente nesta fase mais madura que a mulher está mais consciente da própria beleza, afinal já testou os mais variados tipos de tratamento, cortes de cabelo e estilos de roupa. A mulher madura é segura de si e entende seus limites, sabe das suas escolhas e finalmente, se ama por dentro.

Acreditar que existe um modelo de beleza específico é ignorar as diferenças naturalmente presentes em todas as pessoas e, além disso, é não perceber que essas diferenças são justamente o que dão a beleza particular, única, seja lá em qual idade for. Regras ditadas para mulheres maduras não fazem sentido se pensarmos que cada corpo reage de um jeito ao tempo e que cada uma se sente confortável de um jeito ou de outro, queira a sociedade ou não.

Durante o processo de envelhecer e amadurecer, adquirimos habilidades e as chaves certas para conquistar o que quisermos. Quando reunimos tantas experiências, nos tornamos mais confiantes e não há nada mais charmoso do que isso. Segundo Harvey Krahn, professor de sociologia na Universidade de Alberta, “depois dos 37 anos, a vida começa a ficar mais calma. Na maior parte dos casos, assuntos como carreira e família já estão definidos e encaminhados, o que deixa as pessoas mais tranquilas e felizes”.

Ao longo da vida, usamos e abusamos dos nossos sentidos para praticar e aprender a usá-los corretamente para um dia sermos senhoras dos nossos corpos e não escravas deles. De fato, sabe o que é mais bacana de chegar nesse ponto da maturidade? Poder viver em um ritmo menos acelerado, curtir cada sabor novo e experimentar coisas que você já se deparou antes, mas não conseguiu prestar atenção. Envelhecer é se amar por completo!

Beijos,

Assinatura-Gloria

Cosméticos Bemglô
Cosméticos Bemglô – para se amar

Comprar12

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?