Sabão feito de óleo de cozinha
Atitude Bemglô

Sabão feito de óleo de cozinha

Sabão feito de óleo de cozinha
Linha de aromaterapia
Linha de aromaterapia

Comprar

Um problema que existe nos dias atuais é sobre o que fazer com o óleo de cozinha usado. Uma das soluções mais incríveis é transformá-lo em sabão, que será reutilizado e poupará o meio ambiente de mais estragos. Genial, né? Vem com a gente aprender a preparar:

Sabão de óleo de cozinha

Ingredientes
1 quilo de óleo de cozinha usado;
140 mililitros de água;
135 gramas de soda cáustica em escamas (concentração superior a 95%);
25 mililitros de álcool (opcional).
Extras (opcionais)
30 gramas de aromatizantes (preferencialmente óleos essenciais sem parabenos e ftalatos na composição).
10 gramas de conservante alecrim em pó (saiba onde encontrar aqui).
Materiais
Recipientes para o molde do sabão (formas específicas, bandejas de plástico ou embalagens longa vida);
1 colher de pau;
1 par de luvas para lavar louças;
1 máscara descartável;
óculos de proteção;
1 balde grande;
1 recipiente pequeno
Modo de preparo

Em primeiro lugar, coloque os óculos de proteção, as luvas e a máscara. A soda cáustica é altamente corrosiva e deve ser manuseada com muito cuidado. Vamos ao passo a passo:

1. Esquente a água até que ela fique morna (em torno de 40°C). Feito isso, despeje-a em no recipiente pequeno e coloque a soda cáustica lentamente e em pequenas porções no mesmo recipiente, misturando sempre a cada adição. Nunca adicione água fria sobre a soda! A ordem dos ingredientes também deve ser respeitada: colocar soda sobre a água, e nunca a água sobre a soda – isso provocar uma reação forte e causar acidentes. É muito importante utilizar um balde ou recipiente plástico de material grosso e resistente, e nunca utilizar garrafas PET para fazer a diluição da soda, pois elas não suportam a temperatura que a reação atinge, podendo romper e vazar esse material extremamente corrosivo. Mexa com a colher de pau até diluir completamente a soda, de modo que não haja mais escamas. Atenção: não utilize recipientes de alumínio descartável em conjunto com a soda cáustica e certifique-se de que eles sejam suficientemente altos, pois essa dissolução pode efervescer e causar espuma.
2. Depois de retirar as impurezas do óleo (é possível fazer isso com uma peneira), esquente-o um pouco (a uma temperatura de 40°C) e adicione-o ao balde que será utilizado para colocar todos os demais ingredientes. Em seguida, insira a soda bem lentamente, em pequenas porções e misturando continuamente. Esse cuidado aumenta a sua segurança, pois a reação com a soda cáustica libera muito calor, além de produzir um sabão de boa qualidade – se você colocar a soda de uma única vez ou muito rápido sem a agitação adequada, o sabão pode empelotar e ficará difícil reverter isso.
3. Misture somente o óleo e a soda por cerca de 20 minutos. A consistência final ideal deve ser parecida com a do leite condensado. É necessário respeitar esse tempo de mistura para que haja a reação entre óleo e a soda.
4. Após esse tempo de mistura, tem início o momento ideal para adicionar os demais ingredientes. Coloque o aromatizante e conservante (caso queira). Misture bem até que esses ingredientes se incorporem plenamente à mistura.
5. Caso a massa final de sabão esteja muito líquida, insira o álcool lentamente e mexa bem por dez minutos para que a mistura não empelote. Nessa etapa, a massa de sabão ganhará consistência rapidamente. É recomendável que a forma em que será colocado sabão já esteja preparada e próxima.
Agora é só cortar e você terá pedaços de sabão para usar no seu dia a dia. Recomenda-se, ainda, deixar em processo de “cura” por mais 15 dias, de preferência em um recipiente opaco, que fique num lugar fresco e sob abrigo do Sol. Esse processo visa garantir a reação completa da soda cáustica, além de permitir ao sabão perder a umidade excessiva. Esse tempo poderá variar de acordo com as condições climáticas locais. Exemplo: se o clima estiver mais chuvoso, pode ser que sejam necessários mais dias; ocorre o contrário caso o tempo esteja mais seco.
Gostaram da dica? Reúna todos os materiais necessários e peça a ajuda de alguém para não correr riscos.
Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?