Probióticos
Vida Saudável

Probióticos

Probióticos
Hidratante Corporal Bemglô 300ml - Avatim
Hidratante Corporal Bemglô 300ml – Avatim

Comprar

Você provavelmente já ouviu falar da importância dos probióticos, mas possivelmente não entende muito bem o porquê. Hoje, a gente te explica direitinho como funciona e por que isso está dando o que falar.
Os probióticos
Os probióticos são bactérias vivas que resistem ao processo de digestão e chegam intactas ao intestino e só fazem bem. Elas ajudam a combater os microrganismos inimigos, aqueles relacionados à produção excessiva de gases, prisão de ventre e à má absorção de nutrientes. Além disso, estas bactérias reduzem o risco de obesidade, aceleram a cicatrização da pele, além de prevenir doenças emocionais como a ansiedade.

Benefícios dos probióticos

Se a ansiedade chegou, invista em alimentos ricos em probióticos. O consumo regular das bactérias Bifidobacterium e Lactobacillus, as espécies mais comuns nos alimentos fermentados, é associado a uma redução nos episódios de emoções negativas. Outra curiosidade é a melhoria no mau hálito e reduz a incidência de cárie e gengivite. As bactérias espantam ainda o fungo Candida albicans, que causa a candidíase oral.
Na hora de emagrecer, este tipo de alimentação ajuda e muito. As bactérias reduzem os processos inflamatórios nas células de gordura e favorecem a perda de peso. Na pele, o efeito também é visível, pois essa barreira formada contra os agentes inflamatórios evitam acne e rosácea, melhoram a hidratação e a elasticidade da pele.
Para quem sofre de alergias, o probiótico L. casei foi associado ao atraso de sintomas alérgicos como a sinusite. Os probióticos ainda previnem um resfriado ou outro tipo de infecção. Estresse, excesso de açúcar, gorduras e remédios enfraquecem o exército de bactérias boas no intestino. Portanto, os probióticos agem como forma de suplemento.
Em quais alimentos encontro probióticos?
Leite fermentado: contém lactobacilos em sua composição (tipo Yakult e Actimel).
Kefir: bebida fermentada com até 15 tipos diferentes de lactobacilos.
Queijo e coalhada: aqueles que são enriquecidos com probióticos (confira no rótulo).
Missô: pasta fermentada de soja bastante usada na culinária japonesa.
Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?