Moda sustentável: Fashion Revolution
Moda Consciente

Moda sustentável: Fashion Revolution

Moda sustentável: Fashion Revolution

Dia 01 de agosto aconteceu o chamado Dia de Sobrecarga da Terra. Em suma, é uma data estabelecida que marca quanto tempo levamos para gastar os recursos naturais que a Terra produz em um ano. E, infelizmente, a cada ano essa data chega cada vez mais cedo. Se em 1987, primeiro registro, a data foi 19 de dezembro, em 2018 a marca foi atingida no primeiro dia de agosto. Isso só demonstra que a capacidade de recuperação do planeta diminui ano após ano, enfatizando ainda mais a necessidade de que, enquanto sociedade, sejamos capazes de aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo de tudo o que consumimos e o impacto disto no mundo. E é essa justamente a proposta do Fashion Revolution.

Quando pensamos em todas as etapas e pessoas envolvidas na história das nossas peças de roupa e dos nossos acessórios, percebemos a importância de saber exatamente como e por quem elas foram feitas. E essa é questão que define o movimento Fashion Revolution: Quem fez minhas roupas e meus acessórios?

Composto por designers de moda, professores, alunos, profissionais da imprensa e consumidores, o Fashion Revolution busca aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo das roupas, bem como achar soluções sustentáveis para o futuro da moda, criando conexões e trabalhando a longo prazo, além de exigir a transparência da indústria.

Durante a Semana Fashion Revolution são realizadas ações, rodas de conversa, exibições de filmes e workshops que promovem mudanças de mentalidade e comportamento em consumidores, empresas e profissionais da moda. As marcas abrem suas portas para receber consumidores e produtores para cocriar e discutir a respeito da moda sustentável. São marcas que realmente tem um compromisso com a sustentabilidade e com o slow fashion, que incentiva a tomada de tempo para garantir uma produção de qualidade, dando valor ao produto e contemplando a conexão com o meio ambiente.

Como surgiu o Fashion Revolution

O Fashion Revolution foi criado após um conselho global de profissionais da moda se sensibilizar com o desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh, que causou a morte de 1.134 trabalhadores da indústria de confecção e deixou mais de 2.500 feridos. As vítimas da tragédia, que aconteceu dia 24 de abril de 2013, trabalhavam para marcas globais, em condições análogas à escravidão.

A partir disto surgiu a campanha #QuemFezMinhasRoupas e #QuemFezMeusAcessorios, buscando aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto na Terra, em todas as fases do processo de produção e consumo. Realizado inicialmente no dia 24 de abril, o Fashion Revolution ganhou força e hoje estende-se em uma semana de atividades promovidas por núcleos voluntários, em mais de 100 países.

Cada peça, por mais simples que pareça, tem por trás uma cadeia produtiva cheia de pessoas e processos. Exigir que essa cadeia seja limpa, ética e consciente depende de nós, como consumidores. Este é um grande passo para que, como sociedade, estejamos sintonizados e comprometidos com empresas que utilizam os recursos do nosso planeta de maneira consciente, prezando pela sustentabilidade!

E as suas roupas? Você sabe quem fez? Seja curioso, descubra, se envolva! Vamos juntos construir um futuro melhor! <3

 

 

 

BOLSA TEAR TIRACOLO LISTRAS ÉTNICAS - REDE ASTA
BOLSA TEAR TIRACOLO LISTRAS ÉTNICAS – REDE ASTA

Comprar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?